Poucos temas são tão indesejados quanto a morte. Natural e ao mesmo tempo estranha, desconhecida, a morte nos desperta todos os tipos de temores. Ainda assim, é inevitável.

O luto se torna uma das experiências mais humanas possíveis. O que mostra a dificuldade que os homens têm com este. Humanidade é aquilo de que somos despidos desde cedo, animalizados ou robotizados. No luto, todo tipo de sentimento bate à porta. Para o homem, parece ser obrigatório bloqueá-los no momento em que mais precisamos deles.

No 18º episódio do Homem Também Chora, contamos com a participação de Daniel Carvalho, responsável pelo projeto Luto do Homem. Convidamos você para esse papo sobre um dos maiores tabus da humanidade e do masculino.

 

Caso queira estudar mais um pouco sobre o assunto, nesse episódio as seguintes narrativas e fontes foram citadas:

  1. Filhos da Esperança – filme;
  2. Up – Altas Aventuras – filme;
  3. Colin Murray Parkes – psiquiatra e autor;
  4. Luto do homem: como podemos entender a dor pelo relato de um pai que perdeu sua filha – texto;

BONS EXEMPLOS

Lucas: Guzmin, personagem do episódio 1×01 da série “Modern Love

Yann: Capítulo 268 do mangá “Bleach

Daniel CarvalhoLeonardo Peçanha

TROCA DE FIGURINHAS

Lucas: Primeira temporada da série “Modern Love” / Primeira temporada da série “Ninguém Tá Olhando

Yann: Série “Sorry for Your Loss

Daniel Carvalho: Livro “Masculinidades e Inquisição: Gênero e Sexualidade na América Portuguesa” / Livro “Nordestino – Invenção do “falo” – Uma História do Gênero Masculino (1920-1940)” / Livro “Sobre a Morte e o Morrer” / Canção “Castanho” – Lenine

JABÁ

Conheça o trabalho dos nossos convidados em seus perfis:

@lutodohomem

Luto do Homem – apoio ao luto masculino

Written by : Luto do Homem

Assine a nossa Newsletter

RECEBE AS NOVIDADES SOBRE O PROJETO

QUERO ME CADASTRAR

Leave A Comment